Perigo e riscos da lipoaspiração


 

Muitas pessoas têm o desejo de fazer uma lipoaspiração, uma cirurgia plástica que retira gordura localizada de locais de difícil acesso. Por se tratar de um tipo de cirurgia relativamente barata (uma lipo custa a partir de R$ 1.000,00), mais e mais brasileiros estão tendo acesso à lipoaspiração. Porém, devemos ter algo em mente: a lipoaspiração não é uma cirurgia de emagrecimento, e assim como qualquer intervenção cirúrgica, envolve riscos.

Indicada para quem tem acúmulo de gordura em locais que dieta e exercícios regulares não conseguem retirar, a lipoaspiração é contra-indicada para quem tem problemas circulatórios, como hipertensão ou arritmia. Além disso, antes de fazer a cirurgia, o paciente deve passar por uma série de exames médicos e deve ser sincero quanto ao uso de remédios ou substâncias que podem impedir a lipo.

Dentre os riscos da lipoaspiração, o mais perigoso deles é o deslocamento de placas de gordura que podem acabar entrando na corrente sanguínea e causando complicações graves. Porém, isso só ocorre geralmente caso a lipo seja feita por uma pessoa despreparada para tal. Entre as complicações pós-operatórias mais comuns, estão o enjoo e o inchaço da pele, na região onde foi feita a lipo. Além disso, podem ocorrer manchas roxas, que devem sumir após o paciente ficar algum tempo no sol.

Lembre-se: informe-se de todos os riscos que podem ocorrer antes de fazer a sua lipoaspiração. Procure referências do médico que irá fazer a sua cirurgia. Tenha em mente que informação nunca é demais.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes
Anterior Inauguração do Pop Dicas
Próximo As melhores tatuagens femininas - fotos