Exercícios recomendados para mulheres grávidas


Grávida - Musculação

Já diz o ditado: ser mãe é um dos maiores presentes que uma mulher pode ganhar do Universo. E para que você, mamãe, possa cuidar bem do seu corpo sem comprometer este presente divino que já está a caminho, é necessário tomar alguns cuidados, mesmo que você já faça exercícios com regularidade, para que nem você nem o seu bebê sinta o impacto dos exercícios de forma negativa.

Se você tem o costume de frequentar a academia e praticar esportes, a depender de quais sejam, é bem provável que você possa praticá-los até o 8º mês de gestação, segundo especialistas. Mas antes de praticar qualquer atividade física durante a gravidez, lembre-se de conversar com o seu médico sobre o seu desejo.

Por falar nisso, aqui vai uma dica importante: toda e qualquer atividade física a ser realizada no período de gestação precisa ter a autorização do seu obstetra, e preferencialmente o acompanhamento de um especialista, principalmente para as atividades que exijam mais esforços físicos. É completamente normal – e inevitável – o ganho de em média 12 a 15kg durante a gravidez, portanto, não adianta fazer dietas duvidosas e atividades físicas pesadas na tentativa de “barrar” esse ganho de peso. Lembre-se: o mais importante é a sua saúde e a saúde do seu bebê. Para quê prejudicar a saúde ambos por conta de aparências que vão-se embora em menos de 1 ano? Pense nisso caso esteja interessada em fazer atividades físicas apenas para ter uma aparência mais “enxuta” na gravidez.

Dito isso, confira abaixo os exercícios físicos mais indicados para gestantes:

Musculação

Grávida - Musculação (Foto: Getty Images)

Ao contrário do que parece, a musculação não é contra-indicada para mulheres grávidas: bem administrada, e sob a supervisão de um especialista, ela fortalece os músculos, melhora a postura e diminui as dores na coluna. O ideal para mulheres grávidas é aliar a musculação com exercícios aeróbicos, como bicicleta ergométrica, esteira e step, por exemplo.

Hidroginástica

Gestante - Hidroginástica (Foto: Getty Images)

Sem sombra de dúvidas, a hidroginástica é o exercício mais indicado para gestantes e o mais recomendado pelos médicos. Na água, as futuras mamães não sentem o peso da barriga, o que diminui o impacto e facilita muito a execução dos exercícios. Além disso, a hidroginástica para gestantes melhora a circulação, diminui inchaços e ajuda até mesmo a diminuir as dores do parto – isso sem falar no relaxamento que a atividade proporciona, tanto para a mamãe quanto para o bebê.

Yoga

Gravidez - Yoga (Foto: Getty  Images)

Embora seja uma atividade bastante relaxante para o corpo e para a mente, a Yoga é recomendada apenas para gestantes que já pratiquem-na antes mesmo da gravidez, devido à complexidade das suas posturas. Além disso, com o passar dos meses e o crescimento natural da barriga, fica cada vez mais difícil (ou até mesmo impossível) praticar determinadas posições, o que torna a atividade não recomendada para quem já se encontra num estágio avançado de gestação.

Caminhada

Gravidez - Caminhada (Foto: Getty Images)

Caminhar, além de fazer muito bem para gestantes, é uma atividade que melhora a circulação e ajuda a diminuir inchaços do corpo. Mesmo que geralmente não tenha contra-indicações, você deve ter alguns cuidados ao fazer a sua caminhada, tais como: praticar a atividade no máximo 5 vezes por semana, com a duração de no máximo 1h/dia, além de manter os seus batimentos cardíacos a no máximo 140bpm. Se você não dispuser de um monitor cardíaco, você sabe que está caminhando a um bom ritmo quando consegue fazer a atividade e conversar normalmente, sem perda de fôlego. Mesmo sendo uma atividade considerada simples, converse com o seu obstetra antes de começar a praticá-la.

PilatesGrávida - Pilates (Foto: Getty Images)

Outro excelente exercício para gestantes, o Pilates é recomendado apenas para mulheres que já o pratiquem antes da gravidez, visto a tensão e o desconforto que pode ser causado para grávidas que nunca praticaram esta atividade física. Porém, para quem pode (e consegue) praticá-lo, o Pilates melhora a postura, evita dores lombares e fortalece os músculos das costas (preparando a mulher para o peso da barriga), além de trabalhar uma outra série de músculos do corpo.

Agora que você já sabe quais são os exercícios mais recomendados para você, antes de iniciar, lembre-se de conversar com o seu obstetra sobre o desejo de praticar – ou continuar – a atividade escolhida. Uma mamãe saudável geralmente é sinônimo de um bebê saudável, portanto, respire fundo, bons exercícios, e um excelente parto!

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes
Anterior Velaterapia para cabelos: preço, riscos e benefícios
Próximo Como dar nó em gravata: passo a passo